Pular para o conteúdo principal

Siga-nos no Facebook

Seguidores: Fiéis Escudeiros!

Papel Semente - Vamos ser Sustentáveis?

Já ouviram falar no papel semente???




Ele é um papel que tem sementinhas na sua polpa, ou seja, ao invés de jogar o papel fora, você molha, planta, vai regando e após 30 dias (em média) ele germinará e você terá uma plantinha para cuidar...


É uma ideia bem sustentável muitos noivos já tem usado o papel semente no convite do casamento ou nas lembrancinhas.


Abaixo um passo a passo de como fazer seu próprio papel semente:

Papel-semente reciclado:


Você vai precisar de:

Papel para reciclar (qualquer um)
Liquidificador
Água
Cola branca
Molde grande para cortar biscoitos
Tigela
Forma
Rede plástica
Bloco de madeira (ou objeto pesado)
Papel toalha para secar
Sementes de sua preferência (pode ser de camomila, erva-doce, manjericão...)

Passo a passo:

O primeiro passo é deixar o papel de molho em água por umas 24 horas. Depois, deve-se colocar a mistura obtida no liquidificador na proporção de uma xícara de papel amolecido para 2 litros de água e duas colheres de cola branca.
Se quiser colocar cor e aroma, esse é o momento. Pode-se colocar colorau e curry para dar cor ou folhas de hortelã para dar um cheirinho gostoso.
Bater até virar uma massa homogênea, sem nenhum pedaço grande de papel.

Sem bater, misture as sementes escolhidas.



Coloque a rede de plástico por cima de uma forma. Posicione o cortador de biscoitos por cima. Agora recheie o molde com o papel e arrume-o com os dedos, pressionando um pouco.




Deixe que a água escoe na forma durante alguns minutos, depois retire o molde com muito cuidado para não deformar. Por cima coloque outra rede de plástico e pressione suavemente para tirar mais água. Coloque uma madeira (ou um objeto bem pesado) e pressione novamente.
Retire a malha de cima e coloque o papel reciclado sobre uma mesa coberta com papel toalha para que fique bem seco.

Foto de todo o processo




Depois que estiver seco, estará pronto para usar, mas com relação a imprimir neste papel não sei se é possível pois ele é mais grosso.



Papel germinando




Ao usar o papel semente com lembrancinha ou convite é super importante enviar junto as instruções de como plantá-lo:


Instruções para transformar seu papel semente em uma linda plantinha:

1 - Caso o seu papel semente seja grande, pique com cuidado sem danificar as sementes.
2 - Após picar molhe o papel.
3 - Pegue um vaso com terra fértil e coloque o papel semente cobrindo com uma fina camada de terra.
4 - Regue diariamente, dependendo da semente, ela irá germinar em 30 dias aproximadamente.
5 - Após começar a germinar sua plantinha deverá ser cuidada como uma planta convencional.
6 - Em cerca de 120 a 150 dias você terá lindas flores, erva para chás ou até mesmo uma deliciosa salada.

Não esqueça que você está lidando com uma vida e não simplesmente com um papel.
Através dessa ação, você está sendo sustentável e ajudando nosso planeta!


E aí vamos por literalmente a mão na massa e fazer o papel semente?



Fonte:
http://simplesmente-nise.blogspot.com.br/2012/04/papel-semente.html


Comentários

  1. Interessante Flor, mas admito nunca ter ouvido ou lido, sobre o papel semente. Mas eh uma excelente dica.

    Fica com Deus flor
    marcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um papel bem ecológico e sustentável, existem várias empresas especializadas que também fazem ele e já imprimem, fica bem interessante.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Bem legal né, vou tentar fazer pra ver como fica hehe...

      Excluir

Postar um comentário

Oi, muito obrigada pela visita, seu comentário é muito importante, deixe seu recadinho, dica ou sugestão...
Se preferir envie um e-mail vou adorar conversar com você: casaroubike@gmail.com

Postagens mais visitadas deste blog

Placas Divertidas para Festa de Casamento

Quem já viu aquelas plaquinhas divertidas com frases engraçadas nas fotos de algum casamento? Elas ficam super legais, são fáceis de fazer e ainda são baratas, super BBB!!!

Elas ficam muito bacanas e dão um ar de brincadeira pra hora das fotos, o resultado é DIVERSÃO PURA...

Tem também as bocas, bigodes, óculos, nariz de palhaço, máscaras, enfim vários adereços que podemos fazer com papelão, palito de churrasco e cola e que ficam muito legais na hora das fotos...





Olha só nos canudinhos como ficam incríveis:





No blog Arte & Casamento tem um passo a passo com fotos para baixar bem bacanas de como fazer plaquinhas divertidas. E aqui neste link ela também tem outros moldes e muitas ideias legais.

E no blog Fazendo a Minha Festa de Casamento tem 60 plaquinhas para download grátis, é só baixar, imprimir e colar numa madeirinha ou papelão.

Gostou?

Quem vai fazer essas super plaquinhas para seu casamento?
























DIY - Bolas de Barbante - Faça Você Mesma!!!

Ontem postei inspirações de bola de cipó e hoje venho mostrar para vocês as bolas de barbante, que são muito lindas também e são uma opção para quem não consegue o cipó...








Você vai precisar de:

• Bexigas (ou balões =P)
• Tesoura
• Barbante
• Linha de pesca (ou outra coisa para pendurar)
• Cola branca (120ml)
• Amido de milho (1/2 xícara)
• Água quente (1/4 de xícara)
• Vaselina
• Tinta spray da cor desejada
• Algo para mexer
• Recipiente para misturar

1. Encha os balões mas não até o final para que fiquem mais redondinhos.
2. Depois de cheio, desenhe um círculo com canetinha ao redor do bico, de tamanho suficiente para colocar uma lâmpada se assim você desejar depois.
SE NÃO FOR COLOCAR LÂMPADA NÃO PRECISA FAZER ESSE PASSO! =)
3. Coloque uma lona ou algo para proteger sua área de trabalho, faça também um varal improvisado para pendurar as bolas para secar depois.
4. Junte a água, a cola e o amido de milho até ficar homogêneo.
5. Com luvas de borracha nas mãos, espalhe a mistura po…

A Tattoo da Minha Irmã: A menina do balão vermelho

Bom dia!

Tudo bem?

Minha irmã fez sua primeira tatuagem na semana passada, inspirada pelo quadro de Banksy e achei tão linda e com tanto significado que resolvi compartilhar aqui no blog:


A menina do balão vermelho caminha pelas ruas, caminhando vai seguindo os muros, em alguns muros percebe passagens, entradas, becos, outros lugares, só a barreiras nenhum caminha por onde ir ou vir. A menina continua caminhando, segurando o seu balão ela vai pensando, à passagens que ela nunca ira passar, lugares por onde nunca irá caminhar, coisas e pessoas que em nenhum momento da vida ela verá ou conhecerá. Em algum momento ela se entristece, pensa que perdera muita coisa e isso não a deixará evoluir. Mas a caminhada não para é ininterrupto, o balão as vezes chacoalha com o vento, parece que vai sair das mãos, mas a menina segura com força não pensa em abandonar sua única companhia. Em alguns minutos uma percepção rápida lhe toma a mente, não se pode ter saudade do que não se conhece que se for de ser,…